Você está aqui: Principal Regional Comissão de Obras e Serviços Públicos da Câmara de Guaçuí questiona denúncias sobre Unidade Frigorífica Regional

Comissão de Obras e Serviços Públicos da Câmara de Guaçuí questiona denúncias sobre Unidade Frigorífica Regional

A Comissão de Obras e Serviços Públicos da Câmara de Guaçuí se reuniu na manhã desta terça-feira (8), com o responsável pelo Frigorífico Regional para pedir esclarecimentos sobre denúncias relacionadas a Unidade. De acordo com o presidente da Comissão, vereador Laudelino Alves Graciano Neto (Laudinho) (PP),  algumas denúncias chegaram até a Câmara de que a Unidade estaria sendo vendida para um empresário de Guaçuí, pelo valor de R$ 2,5 milhões.

Em relação a esse fato, o responsável pela empresa que ganhou a licitação para gerenciar o Frigorífico, Clézio Storck, informou que o que existia na verdade era uma parceria e não venda. “Havia conversa com este empresário de uma parceria e não venda. No entanto, essa possibilidade de parceria não existe mais”, garantiu Clézio.

O vereador Laudinho, acompanhado dos vereadores Mirian Soroldoni (PDT) e José Carlos Pereira Leal (Zé Ruim) (SD), que também fazem parte da Comissão, questionou sobre as vistorias do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf). “Há algum tipo de empecilho do Idaf em relação à obra do frigorífico?”, perguntou o vereador.

Em resposta, Clézio disse que não há nada que impede o frigorífico de funcionar, mas que ainda falta uma última vistoria.  “Já fizemos algumas adequações que o Idaf nos pediu, e agora, entre os dias 14 e 18 de maio, o técnico do órgão deverá fazer a última vistoria. Estando tudo certo, ele emitirá um laudo e no dia seguinte será feito um abate experimental. Se as máquinas operarem de acordo com o que determinam as normas, o frigorífico estará liberado para funcionar”, explicou.

Os vereadores Mirian e José Carlos também perguntaram quando o frigorífico vai começar a operar no município. Em resposta, Clézio disse: “Não posso dar uma data certa, porque isso não depende apenas de mim, mas passando pela vistoria e pelo abate experimental, acredito que até o final deste mês de maio a Unidade já estará em pleno funcionamento”, enfatizou.

Demora

A obra foi feita pelo Governo do Estado do Espírito Santo e se arrastou por 12 anos. A Unidade foi inaugurada em junho de 2016. No entanto, segundo as informações do gestor do Frigorífico, a obra precisou passar por algumas modificações para atender as exigências do Idaf e operar dentro da lei.

Segundo Clézio, sua empresa investiu até agora R$1,5 milhão para adequar o frigorífico e deixá-lo pronto para funcionar. “Quando peguei a unidade frigorífica nem planta tinha. Foi preciso atender todas as exigências do Idaf para poder deixar a Unidade do jeito que está”, enfatizou o gestor. O frigorífico atenderá os produtores da região do Caparaó e vai abater bovinos e suínos.

Foto: 90.5 Fm

 

Compartilhar no Facebook

90.5 FMRádio 90.5 FM.

Sua melhor companhia. Entretenimento e informação garantidos 24 horas por dia.
Anuncie com a gente!
A maior audiência no sul do estado.

ENDEREÇO

Av Espírito Santo, 331 - Centro Guaçuí - ES - CEP: 29560-000 (28) 3553-1619 - Fax: (28) 3553-0308